segunda-feira, 30 de março de 2009

Minha Rua
























Se essa rua, se essa rua fosse minha...
Minhas vizinhas fofas fazendo croche.

Esta era a minha rua, não era assim nenhuma Oscar Freire, mas era uma rua simpatica. Aí veio o povo da SABESP.



E deixou minha rua assim.

Durante 18 dias fui obrigada a usar a garagem de uma vizinha na outra rua, a areia dentro do quintal e consequentemente dentro de casa não se vence limpar. Fora as calçadas que tambem foram quebradas. Estas estão sendo refeitas por um funcionário da empresa contratada pela SABESP.

Agora jogaram umas pedrinhas nos buracos e disseram que vamos ter que ficar com a rua esburacada por 30 dias. Até a terra assentar. O asfalto das beiradas da rua que não foi quebrado está afundando em diversos lugares.

E quando fizerem o asfalto, só vão fazer na parte que foi quebrada, ou seja vão fazer um remendo muito mal feito como fizeram nas outras ruas que ja passaram por isso.

Detalhe: esse pedaço de tubo cor de laranja que aparece nas fotos, é o que está sendo usado para o famigerado esgoto. Antes tinhamos um esgoto de cada lado da rua. Agora esse caninho para os dois lados. Quando chegar a temporada quero ver esse esgotinho dar conta de tanta gente.

Eu gostava tanto da minha rua inteirinha.

3 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Estou seguindo suas receitas e cheguei na sua rua, que dó!
É por coisas assim que prefiro as ruas que não tem calçamento. E quando a chuva intensifica, o carro fica na vizinha antes da ladeira (HSSHSHS)

netuno artes disse...

Como entendo seu problema, aqui em Santos não é muito diferente não, nas imediações do Orquidário Municipal está um transtorno passar ali, seja a pé , de carro, ou onibus, espero que em breve sua traqnquilidade volte, enquanto isso, nos deliciamos com estas obras de arte culinária, que minha querida vizinha proporciona a nós meros mortais, rsrsrsr,
bjs

Regina Boech disse...

Sua rua realmente ficou um desastre, mas adorei a foto em que as vizinhas estão fazendo crochê. Adorei...Minha mãe ainda faz crochê... e tambem faz na calçada da casa rsrs... que gostoso né.
Abraços.